Peça foi apresentada pela primeira vez (Fotos: JC Curtis/Fundacc)

Os bancos da Igreja Matriz de Caraguatatuba ficaram lotados na noite de terça-feira (13), Dia do Padroeiro da cidade. Antes da procissão foi encenada, pela primeira vez, o espetáculo “De Fernando a Santo”, autoria e direção de Heron Carrillo, coordenador de Teatro da Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba.

Durante 30 minutos os atores do Coletivo de Teatro Saturnália contaram a vida de Santo Antonio que morreu aos 36 anos e teve seus milagres reconhecidos após a sua passagem. Carrillo utilizou uma técnica onde, mesmo ausente, o santo esteve presente.

A comédia foi um presente aos fiéis deste que é considerado o santo das causas perdidas e também o casamenteiro. O elenco foi composto por Matheus Souza, Bruna Guimarães, Luana Fida e Jaqueline Pires.

O grupo ensaiou por dois meses para compor a vida de Santo Antonio e a execução chamou a atenção de outros governantes que querem apresentações em seus municípios. “Estamos muito felizes por conseguimos atingir nosso objetivo que era falar da vida

do nosso padroeiro e agradar aos presentes”, disse a presidente da Fundacc, Silmara Mattiazzo.

Presente à igreja, o prefeito Aguilar Junior parabenizou a Fundacc e os atores pela peça que retratou de forma clara o que Santo Antonio representou. “Ele (o santo) já faz parte da nossa cultura e tenho certeza que todo mundo gostou”.

Essa é a opinião da dona de casa Helena Ribeiro Silva, 53 anos, devota do padroeiro, que achou interessante como sua vida foi retratada. “Foi bem interessante ver a história de uma forma diferente”.

O bispo diocesano de Caraguatatuba, Dom José Carlos Chacorowski, destacou a apresentação do espetáculo com o benefício das novas expressões artísticas que transmitem também os valores da fé, que apresentem modelos de pessoas que foram valorosas e assim transformar o tempo de cada um. “Essas ações ajudam as pessoas a se encontrarem com os valores de vida, de fraternidade, de justiça e, sobretudo, valores da fé. Que Deus abençoe os artistas sempre, que continuem levando alegria e também instruindo valores que a gente precisa muito”.