Pela primeira vez em Caraguatatuba a jornalista Daniela Arbex participa do programa Viagem Literária com um bate-papo que será realizado no dia 30, às 19h, no Auditório Maristela de Oliveira, na sede da Fundacc – Fundação educacional e Cultural de Caraguatatuba.

Autora do premiado best-seller ‘Holocausto Brasileiro’, Daniela Arbex explica que a importância de conhecer e de bater um papo com os leitores de seus livros é a troca de experiências. “Eu nunca saio de um bate-papo da mesma forma que eu entrei, sempre aprendo algo”.

Esta é a segunda vez que Daniela participa do Viagem Literária e disse que o que mais impressiona é o carinho dos fãs. “É incrível saber que em lugares tão distantes existem leitores que querem me conhecer”.

A jornalista, que já recebeu inúmeros prêmios, incluindo o americano Knight International Journalism Award, em 2010, e o IPYS de Melhor Investigação Jornalística da América Latina (2009), explica que a experiência de escrever é dolorosa devido ao estudo em que o autor se dedica e ao mesmo tempo é prazerosa. “Esse abrir mão para viver a história do outro é maravilhoso”.

Além do livro ‘Holocausto Brasileiro’, Daniela Arbex, que hoje trabalha como repórter especial no Jornal Tribuna de Minas, traz o livro ‘Cova 312’ que mostra o período da Ditadura sob um novo ângulo.

Como dica para quem quer escrever, a autora é clara. “É preciso gostar de contar histórias, pois é um trabalho que esgota. Eu por exemplo, passei dois anos viajando por cinco estados brasileiros em busca das histórias dos militantes.”

O Auditório Maristela de Oliveira fica à Rua Santa Cruz, 396 , no Centro de Caraguatatuba.